Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Contrução de Um Novo Pais’ Category

Tema Terceiro dia de Jejum 52 dias Construção dos Muros do Brasil

TEMA DO DIA 11: INTERCESSÃO
Todo propósito, palavra, visão, projeto de Deus, antes que se materialize na terra tem que ser primeiro gerado, pelas intercessões dos aliançados com Ele, movidos pelo Seu Espírito e respaldados pela Sua Palavra. “Os céus são os céus de YHWH; mas a terra a deu aos filhos dos homens” (Sl. 115:16). Ele escolheu trabalhar na terra através dos filhos dos homens. Há um princípio na intercessão dos homens junto a Deus. Interceder é pleitear a causa de outro como se fora sua. Há revelação tão impressionante sobre o assunto quanto Ezequiel 22:3? “E busquei dentre eles um homem que estivesse tapando o muro, e estivesse na brecha perante mim por esta terra, para que eu não a destruísse; porém a ninguém achei.” Ele quis dizer: busquei um modo de executar o juízo e não encontrei. Um só homem na posição de intercessor impediria a destruição.
Um dos mais vivos exemplos de intercessão é Moisés diante de Deus depois do pecado de idolatria do povo e a ameaça de sua destruição: “Assim tornou-se Moisés a YHWH, e disse: Ora, este povo cometeu grande pecado fazendo para si deuses de ouro. Agora, pois, perdoa o seu pecado, se não, risca-me, peço-te, do teu livro, que tens escrito” (Ex. 32:31,32). Em outras palavras, “trata este povo com a graça com que me tens tratado; do contrário, castiga-me com a sua sentença, pois não poderei suportar sua destruição.”
A intercessão real é fruto da identificação. Deus busca os intercessores para impedir que a destruição do pecado seja aplicada. Samuel considerou pecado não permanecer na brecha da intercessão, ao declarar: “E quanto a mim, longe de mim que eu peque contra YHWH, deixando de orar por vós; antes vos ensinarei o caminho bom e direito. (1 Sm. 12:23).
O intercessor é a expressão do ministério de Jesus e do Espírito Santo como intercessores. Do Espírito é dito: “o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis. E aquele que examina os corações sabe qual é a intenção do Espírito; e é ele que segundo Deus intercede pelos santos” (Rm. 8:26,27). Quanto a Jesus, “Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, porquanto vive sempre para interceder por eles” (Hb. 7:25).
Jesus ocupa hoje o ofício de intercessor, junto ao Pai. O Espírito Santo é intercessor em nós. Se chegarmos à presença do Pai, conduzidos pelo Espírito Santo, certamente os pesos das intercessões de Jesus e do Espírito virão sobre nós e, movidos pela Palavra que revela que a vontade do Pai é que todos sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade, seremos na terra o eco das intercessões feitas no céu. Pelo ministério do Espírito Santo em nós, Céu e Terra se unirão diante do Pai: Jesus, o Espírito e nós, orando a mesma coisa. Esse tipo de intercessão mudará o quadro.
Hoje nosso clamor é para que o espírito de “graça e súplica” venha sobre nós e nos convertamos em intercessores por este mundo perdido.
• Se captamos a visão de Deus do perdido e podemos vê-lo que Ele o vê;
• Se recebemos o amor de Deus pelos que perecem, e fomos inundados pela Sua compaixão que se move para mudar a situação,
• Mergulhar–nos-emos no espírito da intercessão que se identifica com a realidade daquele por quem oramos, como fez Moisés, Samuel, Daniel, Esdras e Paulo.
Paulo testifica: “Em Cristo digo a verdade, não minto (dando-me testemunho a minha consciência no Espírito Santo): Que tenho grande tristeza e contínua dor no meu coração. Porque eu mesmo desejaria ser separado de Cristo, por amor de meus irmãos, que são meus parentes segundo a carne… (Rm. 9:1-3). Em outras palavras: “Se a minha perdição pudesse ajudar na salvação do meu povo, eu preferiria ser perdido para que ele fosse salvo.” Somente quem conheceu o coração de Jesus e do Espírito Santo a favor dos pecadores pode provar tal grau de identificação na batalha intercessória pela salvação dos perdidos.
Hoje queremos clamar novamente: Jesus, dá-me o Teu coração pelo perdido! Quero mergulhar tão profundamente em Tua presença que consiga captar em meu espírito teu sentimento e clamor pelo mundo que perece. Quero ser na terra o intercessor que se coloca na brecha diante do Pai a favor do meu povo condenado à perdição. Perdoa-me por olhar para os pecadores com os olhos enxutos. Batiza-me agora com o espírito da intercessão que te domina. Movam-se minhas entranhas com as dores de parto a favor dos perdidos e seja eu o eco dos gemidos inexprimíveis do Espírito em intercessão pela redenção dos meus irmãos em trevas.

Valnice Milhomens

Anúncios

Read Full Post »